Artigos com a Tag: "Vendor Managed Inventory"

Posso efetuar a gestão dos estoques dos meus fornecedores?

25 de Jul de 2013
por NeoGrid Supply Chain
Ter um processo de suprimento colaborativo entre fornecedores e seus clientes, varejistas, distribuidores ou outros parceiros envolvidos no processo da cadeia de suprimentos, requer um bom relacionamento -- e muito mais: uma grande mudança cultural nas empresas para chegar a um alto nível de colaboração que permite um gerenciamento de estoques eficiente em toda cadeia. Quando não existe esse “bom relacionamento,” os compradores e seus parceiros, incluindo áreas que cuidam da operação, como armazenagem e transporte, podem ter o sentimento que os produtos estão sendo empurrados p...
Continue lendo
Fábio Ruiz, da FEMSA Coca-Cola apresentou no Supply Chain Link 2012 o caso de sucesso de Vendor Managed Inventory (VMI). A Coca-Cola FEMSA conta com dois produtos da NeoGrid para otimizar seus processos: o EDI para tráfego de pedidos e o VMI, que segundo Ruiz, amplia seu horizonte de planejamento e entrega mais valor ao seu cliente. Objetivo do VMI: Aumentar a rentabilidade e participação no mercado pelo balanceamento dos estoques de sua empresa e dos seus parceiros comerciais. Benefícios do VMI: Para o Cliente: Balanceamento dos estoques no CD e lojas Aumento no níve...
Continue lendo

“Diga-me como me medes e eu te direi como me comportarei”

10 de Apr de 2012
por Vinícius Silva Anselmo
“Diga-me como me medes e eu te direi como me comportarei”, a adaptação de Eliyahu M. Goldratt da famosa frase “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és” serve como uma ótima reflexão para qualquer sistema de abastecimento ou área. Quando se define um indicador para avaliar uma área deve-se analisar qual impacto, positivo e/ou negativo, que ele pode ter em outras áreas ou elos da cadeia. Indicadores locais podem ser muito prejudiciais quando analisamos o cenário global. Por exemplo, um indicador que avalia a área de logística e determina que quanto maior o preenchim...
Continue lendo

Sistemas Simples x Sistemas Complexos

01 de Dec de 2011
por Rodrigo Garcia
A Cadeia de Suprimentos apresenta-se atualmente como uma robusta ferramenta de negócio que permite interligar os diferentes setores (elos) responsáveis pela disponibilização dos produtos no mercado, desde o fornecimento da matéria prima pelo Produtor, à fabricação do produto acabado pela Indústria e à distribuição dos produtos através do Varejo até a sua compra pelo consumidor final. O objetivo de sua gestão é obter grande sinergia entre estes elos que compõe sua malha, de forma a garantir o melhor nível de serviço ao menor custo e tempo de resposta à demanda, tendo a qu...
Continue lendo
Entende-se por Cadeia de Suprimentos todo o processo compreendido entre a obtenção da matéria prima até o momento da compra do produto acabado pelo consumidor final. Podemos resumir a cadeia de suprimentos em quatro elos principais: o fornecedor da matéria prima (produtor), o fabricante do produto acabado através da matéria prima (indústria), o distribuidor do produto acabado (varejo) e o consumidor final. O que sempre uniu estes quatro elos foi a venda, e não será diferente daqui para frente. O produtor vende a matéria prima para a indústria que, por sua vez, produz o pro...
Continue lendo

O Papel do Agente de Mudanças em Projetos de VMI

29 de Aug de 2011
por Autor Convidado*
O que acontece com uma empresa diante à implementação de um grande projeto? Quais as mudanças organizacionais que podem sofrer a sua área? Cultural, emocional, financeira? Tanto mudanças de processos quanto de ferramentas afetam a organização inteira, deixando as pessoas inseguras quanto aos próximos passos que serão dados. Os fatores humanos são os mais complicados de lidar, pois as pessoas são diferentes, pensam diferente, possuem incertezas e receios diferentes. Por isso é preciso que essa transformação seja feita de forma estrutural e direcionada a fim de promover uma mel...
Continue lendo

VMI e CPFR | Cadastro de produtos em sintonia

03 de Aug de 2011
por NeoGrid Supply Chain
Um dos fatores de sucesso de projetos de VMI (Vendor Managed Inventory) e CPFR (Collaborative Planning, Forecast and Replenishment) está relacionado com a forma a qual o mesmo produto é cadastrado na indústria e seus canais de distribuição. É importantíssimo que, em uma plataforma de VMI ou CPFR, o produto seja facilmente identificado na indústria, na distribuição e no varejo para que , sendo corretamente configurado, atenda às necessidades de venda da distribuição e também vença todas as restrições logísticas impostas pela indústria. Não se trata somente de equalizar o...
Continue lendo
A frequência de reposição é um fator decisivo nos dias atuais e tem grande influência no correto balanceamento dos estoques e na satisfação dos consumidores. Muitos fornecedores tendem a reduzir a frequência de reposição considerando entregas de grandes volumes e em poucos caminhões. Esses fatores nem sempre trarão o melhor resultado devido a possíveis rupturas no mix de produto, atrasos nos processos de carga e descarga, redução na satisfação dos clientes / consumidores e na validade (frescor) dos produtos. O conceito do lote de reposição (estoque para “n” dias de...
Continue lendo

Visão para o futuro do VMI

14 de Feb de 2011
por Camilo Manfredi
O VMI (Vendor Managed Inventory – Gestão do Cliente pelo Fornecedor) é um conceito muito utilizado nos dias de hoje e que envolve duas ou mais empresas que buscam melhorias por meio de parceria e alinhamento dos processos. Atualmente este conceito é utilizado para aproximar clientes e fornecedores, alinhando as estratégias com objetivo de melhorar o balanceamento dos estoques na cadeia, evitando o excesso e a falta de estoque. Na prática, é fundamental investirmos em soluções para automatizar o processo de reposição dos produtos, ajustando a política comercial e a forma de atua...
Continue lendo
Uma das principais tendências entre as empresas industrializadoras modernas é eliminar a idéia de que Fornecedores e Distribuidores competem entre si, principalmente no que diz respeito à  Indústria x Distribuidor. A indústria que aproxima-se de seu distribuidor adquire vantagem competitiva em relação aos seus concorrentes, principalmente, se esta aproximação ocorrer através da otimização da Cadeia de Abastecimento. Desta maneira, o fornecedor atende melhor o seu distribuidor e, conseqüentemente, o consumidor final, aumentando o nível de parceria entre estes dois elos da cadeia...
Continue lendo